.
.

Notícia da Cidade do Paulista!

.

Conheça Paulista


Ver Mapa Ampliado


O município do Paulista está localizado ao norte da capital pernambucana e faz parte da Região Metropolitana do Recife. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ocupa uma área de 97,312m² com população estimada de 325.590 habitantes.
Aniversário da cidade: 4 de Setembro
Gentílico: Paulistense
População: 305.700 habitantes

Hino da Cidade do Paulista

Compositor e autor do Hino: Joel Andrade

O antigo Engenho de Manuel Navarro
Cresceu e para o mundo despontou
É hoje palco de um progresso imensurável
Paulista, símbolo da graça e do labor!

Em teu rico solo, o choro é riso
Doce paraíso encantador
Onde os dias têm mais luz
Onde as estrelas têm mais fulgor

Em cima, o céu é mais azul, é mais bonito
Em baixo, a brisa tem aroma de eucalipto
Teu povo é mais ordeiro e mais gentil
Paulista, fração linda do Brasil (BIS)

Qual grande lençol verde se agitando
Teu mar faz do teu leste atração
Enquanto o Sol que é bem mais Sol sobre teu solo
Esquenta o ar, esquenta a vida esquenta o chão

És o apogeu de um sonho lindo
Esplendor de um dia de verão
Onde a paz reside em paz
Onde as roseiras bem mais rosas dão

Em cima, o céu é mais azul e mais bonito
Embaixo, a brisa tem aroma de eucalipto
Teu povo é mais ordeiro e mais gentil
Paulista, fração linda do Brasil!

 

      Hino da Cidade do Paulista

Praias

Enseadinha:

Foto: Internet

Está localizada entre a praia do Janga e a foz do Rio Paratibe. O acesso pode ser pela PE-01, PE-15 e PE-22. Primeira praia do município do Paulista, a Enseadinha sofre influência do Rio Paratibe, sua extensão aproximada é de 700m de praia ondulada a quebrada, com areias finas e douradas, apresentando pequenos trechos de vegetação rasteira com coqueiros espaçados.
Regular para o banho, suas águas são pouco profundas, com fraca intensidade das ondas e pequena intensidade da maré. Seu recuo é de aproximadamente 20 m. No local existe uma área de desova de Tartarugas Marinhas, monitorada pelo IBAMA.
No trecho mais ao norte foi construído um dique de proteção contra a erosão marinha. Há possibilidade de ancoragem para pequenas embarcações e existência de ocupação humana através de casas de veraneio e residências, além de bares e barracas.

Janga:

Foto: Internet

Localiza-se entre as praias de Enseadinha e de Pau Amarelo. E o acesso pode ser feito pelas PE-01, PE-15 e PE-22. É considerada a maior praia em extensão, do litoral paulistense. Conta com cerca de 4 km de areia dourada com grãos finos. E vegetação composta de coqueiros espaçados. É possível a ancoragem natural para pequenas embarcações. Caracteriza-se por ser totalmente urbana e foi beneficiada pelo projeto de urbanização da orla para contenção do avanço do mar.
Nas suas areias predomina tanto o comércio informal com muitas barracas, como o formal, composto por bares e restaurantes para todos os gostos. E a presença de ocupação humana se dá através de casas residenciais e de veraneio.

Pau Amarelo:

Foto: Internet

Fica localizada entre as praias do Janga e a de Nossa Senhora do Ó, sendo o acesso pelas PE-01, PE-15 e PE-22. Com extensão de, aproximadamente, 2 km de praia ondulada e de areias finas e douradas, sua vegetação é composta de coqueiros e suas águas consideradas boas para o banho. Possui pouca profundidade e pequenas ondas na baixa mar, e média na preamar. A intensidade das marés é média e apresenta um recuo de cerca de 50m.
Observa-se a presença de arrecifes e bancos de areia ao seu largo na maré baixa. Existe a possibilidade de ancoragem natural para pequenas embarcações e a existência de equipamentos e serviços turísticos: restaurantes, bares, marinas e barracas. É considerada uma praia urbana, com a presença de residências e casas de veraneio.

Nossa Senhora do Ó:
Foto: Internet

Fica localizada entre as praias de Pau Amarelo e da Conceição. Com acesso feito pelas PE-01, PE-15 e PE-22. Conta com bares, palhoças e casas de veraneio. Possui uma extensão de 1,5km de praia ondulada e de areias finas e douradas, apresenta vegetação formada por coqueiros espaçados e vegetação rasteira.
É considerada uma praia boa para banho. Tem suas águas pouco profundas e apresenta marolas na maré baixa e pequenas e médias ondas na maré alta. Com grande intensidade de maré, seu recuo é de aproximadamente 100m. Observa-se a presença de arrecifes, com possibilidade de ancoragem para pequenas embarcações. Existência de comércio informal e ocupação humana por meio de casas de veraneio.

Conceição:
Foto: Internet

Localiza-se entre as praias de Nossa Senhora do Ó e de Maria Farinha. E o acesso pode ser feito pelas seguintes vias, PE-01, PE-15 e PE-22. É uma Praia marcada pela forte presença da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, localizada próxima à beira-mar, sendo complementada por casas de veraneio e barracas. Com extensão de, aproximadamente, 2 km em praia ondulada de areias finas de tonalidade clara, sua vegetação é dominada por coqueiros. É considerada boa para o banho, apresentando pouca profundidade e média intensidade das ondas na maré alta e pequena na maré baixa. No período da baixa mar, é possível observar, ao seu largo, a existência de bancos de areias que são denominadas de prainhas ou pocinhos, formadas nos arrecifes, com possibilidade de ancoragem para pequenas embarcações o que atrai grande número de turistas durante todo o verão. Predominância de comércio informal por meio de barracas e formal através de bares e restaurantes.

Maria Farinha:

Foto: Internet

Localiza-se entre as Praias de Conceição e o Pontal de Maria Farinha. E suas vias de acesso são pela PE-01, PE-15 e PE-22. É a principal praia do estado para o Turismo Náutico. Existe de um lado o mar, e do outro o rio timbó, que oferece aos visitantes diversas modalidades de lazer náutico, além de agregar o maior parque náutico do país e belezas geográficas naturais.
Favorece também passeios de barco ou de catamarã, de onde se apreciam as belezas dos mangues. Um dos passeios mais bonitos pode ser feito de barco pela extensão do Canal de Maria Farinha. De lá partem também várias embarcações que levam turistas para a Coroa do Avião – extenso banco de areia localizado entre a Ilha de Itamaracá e o Canal de Santa Cruz. O local serve de base para pesquisas de aves migratórias.
Conta com o Porto Artur, os Pocinhos Naturais e a Coroa do Avião. A praia está dividida em duas partes: a do rio, frequentada por grandes lanchas que fazem passeios até as Prainhas de Arrecifes, e a faixa onde se instalam os domingueiros típicos que desembarcam na areia em busca de sol e badalação. Observa-se a presença de arrecifes ao seu largo, na maré baixa, possibilitando a ancoragem para pequenas embarcações.
Sua paisagem é dominada por casas de veraneio e barracas que funcionam como bares. E também por equipamentos e serviços turísticos: hotéis, marinas, pousadas, bares, restaurantes, parques aquáticos, clubes e jet ski.
Sua extensão é de cerca de 4 km em praia quebrada e ondulada, com vegetação predominante de coqueiros. Suas areias são finas e de tonalidade clara e suas águas consideradas boas para o banho, apresentando pouca profundidade e pequena intensidade na maré alta. A intensidade das marés é média, com recuo aproximado de 50m.

Pontal de Maria Farinha:

Foto: Internet

Está localizado na Foz do Rio Timbó, com acesso pelas rodovias PE-01, PE-15 e PE-22. Pode-se avistar as Praias do Capitão e da Gavoa, em Nova Cruz, localizadas no município de Igarassu; a Ilhota Coroa do Avião e mais ao fundo a Ilha de Itamaracá. Sua extensão é de, aproximadamente, 500 m em praia ondulada, de areias finas e vegetação de coqueiros. Boa para o banho, suas águas são pouco profundas e apresentam grande intensidade de marés.